Construindo a ponte para o objetivo

Lynn Timpany

Era uma vez ….um mineiro que estava perdido numa mina dentro de uma galeria grande e escura. Não tendo absolutamente nenhum sentido da direção a seguir para sair do buraco em que estava, o mineiro só podia enxergar o pequeno círculo de luz projetado pela lanterna do seu capacete. Esse mineiro, em especial, estava totalmente seguro sobre o resultado que ele queria: sair vivo dali, e de preferência, chegar em casa a tempo para o chá! É fácil entender que se ele ficasse lá, esperando ficar seguro e confiante sobre a direção da saída antes de se movimentar, ele poderia ficar no mesmo lugar por um tempo bem longo!

Estabelecer objetivos é o primeiro passo de um dos processos fundamentais da PNL. Nós entendemos que ao estabelecer um objetivo claro e específico, nós damos a direção para o funcionamento automático dos filtros da mente inconsciente, que é em si mesma um processo de mudança. Porém para mim parece que lá se encontram algumas das limitações reais do modelo tradicional de estabelecer objetivos. Talvez o ato de colocar uma meta estabelecida para o futuro possa ser a maior de todas as substantivações!

 Num recente treinamento de practitioner, eu estava conversando com um dos participantes que exaltava as virtudes e o tremendo impacto que estabelecer metas teve nele. Ele me contou que estava realmente seguro sobre o que queria fazer na vida: ele tinha um objetivo bem claro para criar um centro de cura onde as pessoas poderiam ir para serem rejuvenescidas e revitalizadas e para tirar proveito das maravilhosas ferramentas que a PNL tinha para oferecer. Ele estava muito entusiasmado. Eu disse:

 "E o que você está planejando fazer AGORA para tornar isto uma realidade?" (uma pergunta tipo desubstantivação)

 Ele me olhou com total espanto e horrorizado disse: "O que você quer dizer? Conseguir um emprego!!??"

 Essa pessoa está tão incapacitada como o mineiro que fica parado na galeria esperando identificar o caminho de saída antes de se movimentar.

 Essa carência de uma ponte entre o estado presente e o estado desejado é perceptível particularmente na área da cura física. Eu tive recentemente um cliente que queria se curar sozinho de um problema imunológico que já existia há bastante tempo. Mais ainda, ele tinha certeza sobre o resultado no longo prazo afirmando coisas como aumento de energia, sem dor (reformulado para sentir se confortável com o corpo), ser capaz de trabalhar o dia inteiro, etc. Porém quando eu questionei: "E o que você estará fazendo e pensando de modo diferente quando você estiver totalmente alinhado em direção a esse objetivo?," obtive a típica resposta:

 "Eu não tenho nenhuma dor, eu me sinto confortável com o meu corpo."

 Então eu disse: "E o que ocorre antes do desconforto desaparecer totalmente? Se você tiver uma falta de conforto no corpo, como irá lidar com isto diferentemente de quando você estava totalmente alinhado em direção ao objetivo da cura total."

 A partir dessa discussão de construir pontes para o objetivo, apareceu uma consciência incrivelmente valiosa dos hábitos diários exigidos para se alinhar com o objetivo da cura total. Nós somos capazes de alinhar qualquer parte contestando ter aqueles hábitos diários, para estabelecer objetivos detalhados para esses hábitos diários e criar ponte ao futuro deles, de novo, em detalhes.

 Basicamente o que estamos fazendo é a desubstantivação do objetivo e trazendo para o momento atual a fim de construir uma ponte para o futuro desejado ou:

 Descobrir o que precisa estar acontecendo, agora, para ser alinhado com o objetivo, antes do objetivo existir completamente em alguma realidade.

 Etapas básicas para a discussão da construção da ponte para o objetivo

 A. Estabeleça o objetivo da maneira usual (Especifique)

 B. Desubstantive o objetivo – isto é, faça bastantes perguntas em que apareçam muitos gerúndios nelas, e combine a informação do sentido da desubstantivação com as palavras "sendo fazendo tendo".

 Por exemplo:

 O que você estará fazendo e que não está fazendo agora, quando conseguir este objetivo?

  • O que você estará dizendo para você mesmo de maneira diferente, quando conseguir este objetivo?
  • Como você estará se sentindo quando você estiver realizando este objetivo? etc.

 Você também pode fazer perguntas similares a partir de posições perceptivas diferentes.

 Por exemplo:

  • O que os outros estarão vendo de diferente em você quando você conseguir este objetivo?
  • Como você estará diferente para os outros quando conseguir este objetivo?

 C. Retorne para o curto prazo fazendo as mesmas perguntas para o futuro próximo.

 Por exemplo:

  • Como você está totalmente alinhado em direção a este objetivo, o que você estará fazendo de diferente na próxima semana?
  • Como você estará pensando na próxima semana quando estiver alinhado em direção a sua meta?
  • O que você pensa que está apoiando-o para atingir a sua meta?
  • O que você está vendo que na próxima semana irá informá-lo que está alinhado com suas metas?

 D. Construa a ponte! Transfira o objetivo para agora. O propósito é descobrir como as respostas para a situação atual, como são realmente agora, precisam mudar para se alinhar com o objetivo. Assim, se alguém sente que está enfraquecendo e ele quer ser bem sucedido, então as perguntas devem eliciar a maneira diferente dele lidar com a situação atual onde parece existir falta de bons resultados, para uma maneira que produza e apóie o seu sucesso.

 Por exemplo:

  • Como você precisa reagir, agora em qualquer momento, para estar alinhado com o objetivo, antes do objetivo existir completamente na realidade?
  • Quando você estiver alinhado em direção ao objetivo, de que modo diferente você estará pensando e se comportando?

 Elicie uma versão completa da representação sensorial específica disso e faça uma ponte ao futuro, seguida pelo acompanhamento futuro da conclusão bem-sucedida das etapas intermediárias e a meta final.

 No momento em que o mineiro caminha para o foco da luz disponível, de lá ele enxerga mais longe.

 Lynn Timpany é uma das mais experientes trainers de PNL na Nova Zelândia. Lynn tem uma clínica particular em Christchurch, Nova Zelândia há mais de 10 anos e é membro da NZ Association of Counsellors e também Hipnoterapeuta Ericksoniana Certificada.
Seu site: www.lynntimpany.co.nz
Esse artigo está no site de Lynn Timpany em articles sob o título Building Outcome Bridges

Você está aqui: Home METAS Construindo a ponte para o objetivo